Destaque

Sem Deus não se vai a lugar nenhum

small_5Tag7SZINqjwNNmcmPZwaHSGuVsOvMvcmkJ-jgjgVgU
A presidente do FMI, Christine Lagarde, a segunda da esquerda para a direita, esteve no Fórum.

Roberto Junquilho

As elites do planeta estiveram reunidas em Davos, na Suíça, de 20 23 de janeiro, no 46º Fórum Econômico Mundial, para definir programas e estratégias que definirão os rumos de toda a humanidade nos próximos anos. Neste lugarejo de alto luxo os ricos se encontram desde o final do século XIX, naquela época para internar-se em sanatórios caríssimos para tratar de tuberculose, como é relatado no maravilhoso livro A Montanha Mágica, do alemão Thomas Mann, um dos marcos da literatura do Século XX. No livro, lançado em 1924, o escritor usa a figura do sanatório para mostrar uma Europa enferma, destroçada, depois da Primeira Guerra mundial. Continuar lendo “Sem Deus não se vai a lugar nenhum”

Destaque

A raiz de todos os males

Roberto JunquilhoCharge de guerra

O que estamos vendo agora é o resultado de centenas de anos de desenvolvimento desigual nos países ricos, deixando boa parte do mundo para trás”, disse Angus Deaton, ganhador do prêmio Nobel de Economia deste ano. Ele aponta que enquanto muitos vivem mais e financeiramente melhor atualmente, o desenvolvimento gerou desigualdade entre pessoas e países. Essa desigualdade é um dos principais fatores para o aumento da violência em suas mais diferentes formas, em todo o mundo. Continuar lendo “A raiz de todos os males”

Destaque

Para cumprir o “ide” do Senhor

Roberto Junquilho

O objetivo principal deste blog é propagar a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, a fim de cumprir a grande ordenança do Senhor Jesus Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura…”. Publicamos estudos bíblicos, comentários sobre fatos da atualidade dentro da visão bíblica, análise de temas políticos, econômicos, sociais e culturais que estejam relacionados com o papel da igreja do Senhor neste mundo tão conturbado, uma consequência direta do distanciamento do homem de Deus. Continuar lendo “Para cumprir o “ide” do Senhor”

A onda de ódio e o homem do carrinho

Roberto Junquilho

“Está me algemando por quê? Estou trabalhando!”, diz o homem, enquanto dois guardas municipais o seguram, jogam-no de encontro à viatura e o imobilizam. Negro, pobre, vestes surradas cobrem seu corpo quase esquelético, olhos esbugalhados, ele respira medo e essa atmosfera se espalha e me atinge. Estou a cerca de dois metros da cena, a caminho da padaria, sábado 29 de agosto, por volta das 20 horas, na avenida Rio Branco, Praia do Canto, capital do Espírito Santo.

“O que ele fez, roubou?”, quero saber. Um dos guardas, o mais truculento, não responde. Aponta para algumas latinhas de refrigerante amassadas dentro de carrinho de supermercado e manda o preso ficar quieto. O guarda tem o rosto crispado, retorcido de raiva. Seu colega se ocupa em colocar o homem na parte traseira de viatura, aos trancos, para levá-lo à delegacia de polícia mais próxima. Estão em guerra e ali, no cofre da viatura, se encontra a prova do seu ato de bravura. Continuar lendo “A onda de ódio e o homem do carrinho”

A morte de Aylan, o choro e a hipocrisia

Roberto Junquilho

Aylan Kurdi está morto. Viveu apenas três anos, até afogar-se no mar Mediterrâneo, neste começo de setembro, juntamente com seu irmão, de cinco, sua mãe e mais 12 pessoas que tentavam escapar da guerra em seu país, a Síria. A foto de seu corpo estendido na areia de uma praia deserta da Turquia causou comoção e forçou o olhar do mundo para o drama de milhares de refugiados da Ásia, da África e do leste europeu que tentam achar um lugar qualquer onde possam sobreviver. Aylan virou ícone, só isso, porque as guerras prosseguirão na trajetória do homem para sua própria destruição. Continuar lendo “A morte de Aylan, o choro e a hipocrisia”

Da mídia mentirosa surgem linchamentos morais

“E por se multiplicar a iniquidade o amor de quase todos esfriará”. Mt. 24:12

Programas de TV de mau gosto extremado, comandados por profissionais de mídia despreparados e sem qualquer capacidade para a construção de uma análise dos fatos, privilegiando a ética, são apresentados ao público brasileiro diariamente, fomentando uma onda de ódio cada vez maior. Eles utilizam chavões relacionados à liberdade de expressão e buscam inserir-se entre os comportamentos tidos como democráticos, sendo aceitos pela camada mais desinformada da sociedade. Continuar lendo “Da mídia mentirosa surgem linchamentos morais”

A vida em Cristo

Eli Junquilho

“E conhecereis a verdade,

 e a verdade vos libertará”. Jo. 8: 32.

 “Se pois, o Filho vos libertar,

verdadeiramente sereis livres”. Jo. 8: 36.

Em 1998 conheci esta verdade e Jesus mudou o meu viver. Hoje, com 64 anos, 14 no evangelho, posso testemunhar o que Deus fez em minha vida. Era católica, adorava imagens, enfim, tinha uma religião, que, hoje eu sei, não salva, nem liberta ninguém. Jesus diz, em João 14:6: “Eu sou o caminho, a verdade, e a vida, Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim”. Eu tinha uma vida completamente perdida, em busca de algo, mas continuava sempre com o coração vazio, um espaço que só Jesus pode preencher. Fumava, bebia, viajava, mas tudo continuava a mesma coisa.

Continuar lendo “A vida em Cristo”

Um ataque anunciado

Roberto Junquilho

“A Bíblia é a Palavra de Deus, o manual do fabricante”, dizia o pregador, olhar fixo no auditório como se falasse diretamente para mim, recém-convertido ao evangelho de Cristo e  cheio de dúvidas e desconfianças, uma atitude mais que normal em se tratando de um viajante chegando a uma região desconhecida para quem tinha a mente formada no pensamento marxista/leninista entre outras filosofias humanistas.Era o início de 1998, e eu iniciava a caminhada ao lado do Senhor Jesus, depois de décadas no ateísmo. As palavras ficaram gravadas em minha mente e logo mergulhei fundo nesta área inexplorada, transformando-me em leitor assíduo e estudioso desse maravilhoso livro, vivendo, a partir de então, inesquecíveis experiências com Deus, dentro de um processo que pode parecer sem lógica se visto da forma como a que eu estava acostumado. Continuar lendo “Um ataque anunciado”

As vacas sagradas

Jehozadak Pereira

Outro dia uma notícia chamou-me a atenção na internet. Na Índia, um grupo de habitantes espancou e quase matou muçulmanos porque um deles havia matado uma das vacas que andavam soltas pelas ruas e tinha invadido e destruído a pequena plantação dele. Como se sabe os hindus veneram e tem a vaca como animal santo e, donos do maior rebanho do mundo, padecem de fome e o gado é o que mais apresenta doenças e infecções. Não se toca numa vaca por nada, e não se permite que outras religiões o façam também, a reação é violenta e pode causar a morte de quem o faz.

Pois bem, por incrível que possa parecer temos no nosso meio, especialmente entre os nossos prezados irmãos uma multidão de adoradores de vacas sagradas.

E o pior – furiosos adoradores. Continuar lendo “As vacas sagradas”

Escritor fala sobre contaminação espiritual

Há mais ou menos dois anos entrevistei via internet o jornalista e escritor Jehozadak Pereira, autor dos mais lidos no cenário evangélico brasileiro, para uma revista que pretendia lançar. Como o tempo passa rápido e o projeto da revista não vai na mesma velocidade, resolvi publicar o material, que se mantém atualíssimo e com muita informação sobre o movimento evangélico brasileiro, hoje recheado de modismos fruto da ação de falsos profetas. Em seus artigos, Jehozadak aborda a questão do misticismo e do esoterismo e a consequente contaminação espiritual que se origina a partir deles. Foi o primeiro jornalista brasileiro a abordar a temática corrompida espiritualmente de “Harry Potter” e “O Senhor dos Anéis”, o que lhe custou ameaças de morte e xingamentos. Ele escreveu ainda com muita propriedade a questão do comprometimento político de algumas figuras da igreja no Brasil,o que igualmente lhe custou algumas ameaças de processos e de morte. É autor de “O que são temperamentos?”, precioso livro, esgotado, que mostra a origem esotérica dessa teoria, aceita por lideranças evangélicas. Mora na região de Boston, e é editor de dois jornais brasileiros, além de ser um premiado jornalista pelo seu trabalho no jornalismo nos Estados Unidos. 

Continuar lendo “Escritor fala sobre contaminação espiritual”

O Egito

Roberta Junquilho

Devo começar pedindo desculpas aos leitores do blog, afinal, é responsabilidade de quem cria um blog, mantê-lo atualizado e escrever regularmente. Há que se ter disciplina, método e uma certa dose de coragem também. Como este não é um blog qualquer, necessita-se de uma inspiração maior, vinda de Deus, pois aqui falamos das coisas referentes a Ele. Não que Deus não me inspire todos os dias, mas o dia a dia, o trabalho, os problemas, a família, as coisas terrenas muitas vezes nos consomem a tal ponto que parar para escrever sobre Ele não se torna uma tarefa assim tão fácil. Hoje vou falar um pouco sobre o Egito.

Isto porque outro dia ouvi alguém dizer assim: “Isso é saudade do tempero do Egito!”. Claro que a pessoa falava à outra como um alerta, uma exortação, preocupada com alguma atitude impensada de alguém querido. Não pude deixar de me lembrar da minha passagem pelo Egito e logo Deus me deu algumas coisas que compartilho com vocês. Na verdade, foi no Egito que Moisés foi chamado por Deus para guiar o povo à Terra prometida. Foi no Egito, após passar por várias provações que José foi nomeado governador e usado por Deus para salvar o povo da fome e engrandecer o nome d’Ele. O Egito foi palco de inúmeras manifestações do poder de Deus sobre a Terra, a Bíblia nos mostra isto em vários episódios. Creio que o passar pelo Egito os deixou mais fortes e foi estratégia de Deus para que eles se tornassem o que se tornaram. Assim como foi a estratégia que Deus usou para me resgatar. Continuar lendo “O Egito”